Prefeito


Clique para AmpliarPREFEITO CLAUDEMIR BONGIORNOClaudemir Romero Bongiorno, 55 anos, é paranaense de Nova Esperança, no Norte do Estado. Filho do casal Faustino Bongiorno e Rosa Romero Bongiorno, é o terceiro entre cinco irmãos. Ainda criança, mudou com a família para Jussara e depois para São Tomé, cidades onde passou a infância e a adolescência, ajudando os pais no trabalho na lavoura. Mas o jovem Bongiorno tinha sonhos de crescer e melhorar de vida. Por isso, quando a família mudou para Cianorte, em 1973, decidiu tentar a sorte na capital, Curitiba. Sua intenção era conseguir trabalho na Refinaria de Petróleo da Petrobrás que estava preste a ser inaugurada em Araucária, a 25 quilômetros de Curitiba. Para a viagem, o pai vendeu três sacas de arroz, mas era preciso economizar até conseguir emprego. Sem muitos recursos e sem conhecer a capital, acabou dormindo debaixo do viaduto da Avenida João Negrão, próximo à rodoviária. Determinado e sem se importar com a distância, assim que o dia clareou saiu caminhando em direção à Araucária. No caminho, conseguiu uma carona em um caminhão da Companhia Brasileira de Engenharia e Indústria (CBEI) e ficou sabendo, pelo motorista, que havia vagas na empresa. Acabou sendo contratado como servente para abrir valetas para tubulações.
Ficou na CBEI durante dois anos e meio, período em que morou no canteiro de obras em um barracão de madeirite. Trabalhador responsável, ganhou a confiança dos chefes e, ao terminar a obra em Curitiba, foi transferido para o Rio de Janeiro, como encarregado de almoxarifado, para uma obra de reforma da parte elétrica do bondinho do Pão de Açúcar. Foram mais dois anos e meio, dessa vez, morando em um container próximo ao Cristo Redentor. Uma nova obra da empresa o levou a ficar um ano e meio na Ilha do Governador, ainda no Rio e, mais tarde, a São Paulo, no Largo 13 de Maio, em Santo Amaro, onde morou por cerca de um ano.
Em 1979, a saudade da família e do Paraná falaram mais forte e Bongiorno voltou para Cianorte para escrever uma nova trajetória. Durante todo o tempo que trabalhou fora, juntou dinheiro suficiente para presentear os pais com uma casa própria – no mesmo endereço onde moram ainda hoje.
No início dos anos 1980, o Paraná começava a expandir sua produção de soja e , com muita garra e vontade de vencer por conta própria, Bongiorno resolveu comprar um caminhão a gasolina para puxar soja em Mamborê. Porém, próximo de se casar com Fátima Nascimento– o que aconteceu em 1982 – decidiu procurar um emprego com “carteira assinada”, que proporcionasse segurança financeira à família. Tinha então somente o primeiro grau completo, mas passou em segundo lugar em um teste no Banco Mercantil Finasa, onde ficou até o início dos anos 1990. Nesse período, nasceram seus filhos, Hugo Leonardo, Bruna e Victor Rodrigo. Também nessa época, Bongiorno voltou a estudar, terminando o segundo grau pela EJA (Educação de Jovens e Adultos).
Apesar do emprego no banco, Bongiorno continuava sonhando com um futuro mais brilhante. Seu espírito empreendedor e sua ousadia o levaram a pedir demissão e apostar novamente em um negócio próprio. Em sociedade com o amigo Luiz Carmargo Nascimento, montou uma máquina para beneficiamento de arroz que funcionava na Avenida América. Ali, no atendimento diário dos consumidores, Bongiorno começou a perceber as dificuldades da população e considerou que podia lutar por melhorias e melhor qualidade de vida para a região caso se tornasse uma pessoa pública. Foi movido pelo social que se candidatou a vereador em 1996, sendo eleito com 800 votos. Foi reeleito em 2000 e em 2004, quando conquistou 2.249 votos.
Sua participação na vida política foi decisiva e presente sempre atuando com firmeza e demonstrando garra e muita seriedade em suas posições. Mas sua veia de empresário também falava alto. Ainda em 1996, com o talento de um visionário, percebeu o potencial avícola da região e investiu, junto com o sócio Luiz Camargo, na instalação de um aviário com capacidade para cinco mil aves. Foi o primeiro passo para a criação da Avenorte Avícola Cianorte Ltda., que se transformou em uma das maiores empresas avícolas do País. Em fevereiro de 1997, com dois novos sócios – os irmãos Edno e Jonas Guimarães – a Avenorte foi instalada oficialmente com cerca de 30 funcionários. Hoje, proporciona 1.300 empregos diretos e cerca de três mil indiretos.
porno izle,sex video izle,mobil cepten sex,izmir sex shop,cialis 20 mg,
Nice servis,nice bariyer,mantar bariyer,epoksi zemin kaplama,köşe koltuk,hay grup,bft türkiye,bahçe kapısı motoru,nice türkiye,Kurumsal seo,nice türkiye hacklink wordpress download yemek tarifleri
paykasa bozdurma paykasa bozdurma