Prefeito assina termo para garantir conversores digitais às famílias de baixa renda

Publicado: 26/06/2018

Acordo com a ONG Seja Digital prevê a distribuição 5.953 kits gratuitos. Equipamento é essencial para ter acesso à programação da TV aberta

Com o desligamento do sinal analógico, marcado para 28 de novembro deste ano, a população de Cianorte deve se preparar para a transição: as pessoas que não possuem televisores com conversor digital embutido precisam providenciar o aparelho para continuar tendo acesso à programação da TV aberta. Pensando naqueles que não têm condições de adquirir o equipamento, o prefeito Bongiorno assinou, na manhã dessa terça-feira (26), em seu gabinete, um Termo de Cooperação com a Seja Digital – uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal no Brasil – para viabilizar a distribuição de kits gratuitos às famílias de baixa renda.

“O acordo irá beneficiar 5.953 lares, inclusive dos distritos de São Lourenço e Vidigal, de pessoas que, muitas vezes, têm na televisão seu único meio de entretenimento e informação e que, sem essa ação, não teriam condições de comprar o equipamento e continuar tendo acesso à programação da TV aberta. Por isso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e seus CRAS I e II, está apoiando a iniciativa. Queremos que todos tenham a oportunidade de desfrutar do que há de mais moderno”, disse o prefeito Bongiorno.

Nesse sentido, a coordenadora da Seja Digital, Vanderlucia Silva, salientou que o compromisso da entidade é não deixar ninguém para trás. “Para isso, oferecemos suporte didático, desenvolvemos campanhas de comunicação e mobilização social e distribuímos os kits gratuitamente, que contêm antena digital, conversor, controle remoto, cabos e pilhas, proporcionando o acesso ao novo sinal de TV, mesmo por meio de televisores mais antigos, como os de tubo, e pelos de plasma ou LCD com fabricação anterior a 2010, com imagem e som de melhor qualidade, além de usufruir de outros recursos tecnológicos, como o menu de programação, acessibilidade e mobilidade”, afirmou.

Tem direito a receber o equipamento os beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social, BPC, entre outros, que estejam com o CAD-Único ativo. Para verificar se está na lista dos contemplados, bem como para solicitar o equipamento, é preciso ligar (gratuitamente, até mesmo pelo celular) na Central de Atendimento, pelo telefone 147 ou acessar o site www.sejadigital.com.br/kit e, em ambos os casos, informar o CPF ou o Número de Identificação Social (NIS). Com isso, será realizado um agendamento para que o kit seja retirado na agência dos Correios.

“Caso a pessoa não consiga realizar um desses procedimentos, pode procurar por ajuda em um dos CRAS”, disponibilizou a secretária de Assistência Social, Marlene Bataglia. Após a assinatura do termo, servidores da pasta e uma mobilizadora social contratada pela entidade passaram por um treinamento. “O objetivo foi de prepará-los para levar informação à população sobre o desligamento do sinal analógico de TV, para que todos possam se preparar para receber o sinal digital e viver essa nova experiência com toda qualidade”, contou o responsável pela capacitação, o Supervisor Regional Interior do Paraná da Seja Digital, Sylvio Macena.

Fonte: Assessoria de Comunicação