en ucuz ucak bileti flypgs turk hava yollari onur air sunexpress atlas jet anadolu jet pegasus
Escuta Qualificada e Depoimento sem Dano são temas de palestra | Prefeitura Municipal De Cianorte
paykasa bozdurma paykasa bozdurma paykasa bozdurma paykasa astropay bozdurma

Escuta Qualificada e Depoimento sem Dano são temas de palestra

Publicado: 18/05/2017

Parte da agenda alusiva ao Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, evento debateu formas de reduzir o impacto dos depoimentos

“Todas as vezes que a criança ou o adolescente precisar reportar a violência que sofreu, acontecerá algum tipo“Todas as vezes que a criança ou o adolescente precisar reportar a violência que sofreu, acontecerá algum tipo de dano por ter que reviver aquela situação. O que nós tentamos é minimizar esses efeitos através de métodos menos invasivos”, apontou a assistente social Marlene Fávaro durante a palestra que realizou na tarde da última terça-feira (17), a respeito de Depoimento sem Dano e Escuta Qualificada. O evento, realizado no anfiteatro da ACIC, abriu as atividades organizadas pela Prefeitura de Cianorte, por meio da Secretaria de Assistência Social, alusivas ao Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio.

“Muita gente pensa que esses termos se referem à mesma coisa, mas não é assim. E nós, por lidarmos diretamente com este contexto precisamos estar atentos a todas as suas particularidades e aplicações para compreender a melhor forma e o profissional adequado para estabelecer esse contato com as vítimas”, alegou a profissional que atua neste cenário há oito anos no Fórum da Comarca de Astorga. Segundo ela, a Escuta Qualificada se configura como um pré-requisito para que a denúncia seja viabilizada no Poder Judiciário, enquanto no Depoimento sem Dano, a vitima é ouvida no âmbito da Justiça.

“Nosso objetivo é de, em breve, também adotar estas medidas por aqui nos inquéritos daqueles que, supostamente, foram vítimas de crimes contra a dignidade sexual, já que as técnicas se mostram menos invasivas”, apontou a secretária de Assistência Social, Claudia Nunes Veloso Marchini. De acordo com ela, atualmente, há um desgaste da vítima por ter que reviver o ato em diversas declarações prestadas a órgãos como a Delegacia, Instituto Médico Legal, escola, Ministério Público, Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), entre outros.

Para a primeira dama do município, Fátima Bongiorno, que representou o prefeito Bongiorno, o assunto merece todo o empenho das autoridades e dos setores públicos e privados para que os casos sejam identificados e os responsáveis punidos pelos atos cometidos. “Precisamos ter este cuidado mencionado para que as crianças e os adolescentes, que já passaram pela situação traumática, não sofram ainda mais durante o processo. E um momento como esse, de aprendizado, é um aliado no combate à violência já que a informação é uma das melhores ferramentas para impedir e punir o ato”, comentou.

A delegada Gabrielle Berwig, da Delegacia da Mulher de Cianorte, apontou que o cuidado para preservar as vítimas tem sido tomado. “Lidar com esse tipo de crime é uma das nossas competências e o que temos percebido é que são casos que, infelizmente, continuam acontecendo muito, principalmente dentro das famílias”, relatou. O representante do Escritório Regional da Secretaria da Família e do Desenvolvimento Social, Sidnei de Souza, salientou a importância que este órgão da Polícia representa em Cianorte e mencionou o investimento de mais de R$ 500 mil que o Governo do Estado irá realizar na política da Criança e do Adolescente, em breve.

ATRAÇÕES
Para ilustrar alguns dos serviços da Secretaria de Assistência Social, oferecidos através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos à crianças e adolescentes, foram realizadas inúmeras apresentações, dentre elas das oficinas de violão, coral, Karatê, Capoeira, Dança e Teatro. O público, composto por integrantes de diferentes setores, foi tomado pela emoção.

AGENDA
A programação alusiva ao 18 de maio ainda reserva uma passeata com panfletagem, na terça-feira (23 de maio), às 14h, na Avenida Souza Naves e uma palestra na quarta-feira (24 de maio) com os componentes da Rede de Proteção a Infância e Adolescência de Cianorte, no auditório do Centro Estadual de Educação Integrada de Cianorte (CEEP), ao lado da UEM, a partir das 13h30.



Outras Notícias:

21/06/2017 Prefeitura constrói calçada para pedestres em frente ao antigo Fórum
21/06/2017 Público lota o Tancredo Neves na abertura da 2ª FLICIA
21/06/2017 FLICIA acontece até esta sexta-feira na Escola Técnica
20/06/2017 Prefeitura regulamenta estacionamento em trecho da Avenida Brasil
20/06/2017 Prefeitura abre concorrência pública para a venda de 81 imóveis
20/06/2017 Beneficiários do Bolsa Família têm até sexta-feira para atualizar dados
19/06/2017 Ensina-me a Viver realiza jantar dançante do Dia dos Namorados
19/06/2017 Espetáculo teatral abre a 2ª Festa Literária de Cianorte
19/06/2017 Inscrições para o Palco RPC terminam nesta quinta-feira
15/06/2017 Prefeitura de Cianorte divulga a programação da 2ª FLICIA