Está tudo pronto para o Festival Gastronômico de Cianorte

Publicado: 13/07/2017

Entidades e clubes de serviços ofertam 11 opções de pratos típicos para o almoço ou jantar. Convites já estão à venda e variam de R$ 25 a R$ 40

Entre os dias 22 e 30 de julho, a solidariedade vai tomar conta do Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori. Isto porque, integrando a programação comemorativa dos 64 anos de Cianorte, o tradicional Festival Gastronômico ofertará 11 opções de pratos típicos para a angariação de fundos para as entidades e clubes de serviços da cidade. Os convites já estão à venda, com valores que variam de R$ 25 a R$ 40, e os últimos detalhes com relação à organização foram acertados nessa terça-feira (11), em reunião dos membros da Comissão Organizadora dos Festejos com representantes dos órgãos envolvidos, na sede do Provopar, entidade à frente do evento.

Para a coordenadora, Neide Ferreira, o encontro foi bastante proveitoso. “Acertamos questões com relação ao uso do Centro de Eventos, dos utensílios de cozinha e outros instrumentos comuns. Além disso, tiramos dúvidas e trocamos experiências, pois nosso objetivo é o de sempre melhorar o serviço ofertado”, afirmou. Nesse sentido, a primeira dama e presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno, agradeceu a todos pela confiança e ação conjunta em mais uma edição do festival. “Este é um trabalho realizado com amor para benefício daqueles que mais precisam. Assim, não mediremos esforços para que tudo seja feito com excelência”, garantiu.

As opções para o horário de almoço, servidas a partir das 12h, são a Comida Mineira do Lions Club Cianorte Sem Fronteiras (23/07, R$ 35), o Frango Desossado do Rotary Club Cinturão Verde (26/07, R$ 35) e a Feijoada da Casa Ester (30/07, R$ 30). Já para o jantar, com início às 20 horas, estão marcados a Picanha na Chapa do Rotary Club Furquim de Castro (22/07, R$ 40), o Strogonoff da Comunidade Bethânia (23/07, R$ 25), a Comida Italiana do Lions Club Cianorte (24/07, R$ 35), a Comida de Boteco do Provopar (25/07, R$ 30), o Sukiyaki da Colônia Japonesa (26/07, R$ 35), o Porco no Tacho do Projeto Sou Vivo Não Uso Drogas (27/07, R$ 30), a Leitoa Desossada da Maçonaria (28/07, R$ 40) e a Costela ao Fogo de Chão e Frango com Polenta do Rotary Club Cianorte (29/07, R$ 35).

Comida com aroma de solidariedade – É importante lembrar que, independente do cardápio, a receita de sucesso do Festival Gastronômico é a mobilização da sociedade em prol das entidades assistenciais e clubes de serviços da cidade. Isto porque, o lucro obtido é destinado às ações dos responsáveis pelo prato típico e faz a diferença no trabalho daqueles que se dedicam a ajudar o próximo.

Para o Projeto Sou Vivo Não Uso Drogas, por exemplo, a realização do Porco no Tacho é o que garante o pagamento do 13º salário dos funcionários. “Nossa entidade não possui fins lucrativos e, por isso, depende de doações para sua manutenção. No entanto, os subsídios que recebemos representam 30% dos custos mensais. O restante da demanda é todo conquistado por meio de ações e eventos, como o Festival Gastronômico. Sem o valor gerado pela promoção desse jantar fica muito difícil investir nos serviços que ofertamos”, afirma o presidente do Projeto, pastor François Dantas.

Atualmente, a entidade de reinserção social possui duas atuações: o Centro de Apoio à População em Estado de Rua (CAPER), de caráter rotativo e destinado ao acolhimento de andarilhos por até 30 dias; e a Comunidade Terapêutica, que funciona em regime de internato, por nove meses, para a reabilitação de indivíduos com vícios. “O CAPER possui 32 leitos e atende cerca de 50 pessoas por mês. Já a casa de recuperação tem a capacidade para acolher, com uma boa estrutura, 40 internos, no entanto está com 27, justamente por causa das condições financeiras”, conta François.

Além disso, o Projeto Sou Vivo Não Uso Drogas conta com o trabalho de 20 profissionais, como assistente social, psicólogo, enfermeiro, coordenadores, cuidadores e cozinheiros. “Assim, pedimos aos cianortenses que nos ajudem a manter o CAPER, a Comunidade Terapêutica e a equipe técnica, responsáveis pela transformação na vida de centenas de pessoas. Para isso, contamos com a adesão ao Festival Gastronômico, pelo qual temos grande expectativa”, salienta o presidente.

Estacionamento beneficente – Além dos pratos típicos, durante os festejos, as áreas de estacionamento privativo, próximas ao Centro de Eventos, também serão coordenadas por entidades, que terão a arrecadação em benefício. Assim, condutores de carros e motos poderão contribuir com a Casa da Sopa, Santa Casa, Sasbemc e Pastoral da Juventude. Já as vans e ônibus, que costumam trazer as excursões de outras cidades para os shows gratuitos, também terão um espaço especial, organizado pela equipe do Café Futsal Feminino.



Outras Notícias:

15/12/2017 Prefeito visita obras de recape no Jardim Céu Azul
15/12/2017 Prefeito Bongiorno participa de reunião da Cocamar com cooperados
15/12/2017 Com apoio da Prefeitura, Cianorte ganha mais uma agroindústria familiar
15/12/2017 Com imposto de renda, cianortense pode contribuir com entidades assistenciais
14/12/2017 Workshop discute trabalho infantil e o papel da Rede de Proteção
14/12/2017 Operação Natal reforça patrulhamento nas ruas de Cianorte
14/12/2017 Prefeitura e Capseci realizam pagamento do 13º salário
14/12/2017 Programação do Natal da Família segue até dia 30 no Provopar
13/12/2017 Estação do Ofício comemora a formatura de 190 alunos
13/12/2017 Representantes do Provopar visitam a Associação Rainha da Paz

izmit escort denizli escort ankara escort adana escort kocaeli escort sakarya escort