Revitalizações levam cianortenses a frequentar espaços públicos

 

Publicado em: 16/09/2022 17:17 | Fonte/Agência: Secretaria Municipal de Comunicação Social

Whatsapp

 

Reformas em praças da cidade e dos distritos somam quase R$ 3 milhões e são apreciadas pela população

Lazer e socialização estão virando sinônimos de diversos lugares em Cianorte. Isto porque, as formas de uso dos espaços públicos do município e distritos passam por renovação. A revitalização de praças, por exemplo, está levando os moradores a lotar estruturas antes mal ocupadas ou desertas por falta de funcionalidade e atrativos.

No coração da cidade, a transformação da Praça Raposo Tavares é notada a olhos vistos, assim como o clima de diversão: foram R$ 1.769.000,00 investidos em parklets, área de redário, pergolado, bicicletário, bancos, lixeiras, paisagismo e brinquedos exclusivos, como os balanços de cesta dupla e simples, balanço para pessoas com deficiência, gira-gira inclusivo, pirâmide de corda e rede de escalada tubular.

Os pets também ganharam um espaço público especial: a Praça Antônio Carlos de Assunção, antiga praça do skate, recebeu investimento de aproximadamente R$ 667 mil e se tornou o ParCão, primeiro parque para cães do município. O local conta com mobiliário específico para a diversão dos animais, além de pergolado, bancos, bicicletário, lixeiras seletivas, bobinas de saco plástico para recolhimento de dejetos e bebedouros.

Em Vidigal, a Praça Altino Volpato foi totalmente repaginada. O projeto arquitetônico tem como conceito a bandeira do município e o espaço recebeu o “Memorial do Pioneiro”, um mural com as pinturas do artista Evandro Manoel de França (Mano Tody), que relembra a primeira rodoviária e homenageia o trabalho daqueles que chegaram ao município até 1959. O investimento foi de cerca de R$ 300 mil, com destaque para as áreas de convivência e mobiliário, com mesas, bancos, lixeiras e pergolado com balanços.

Já em São Lourenço, a Praça Sete de Setembro foi contemplada com R$ 471.874,00. O local recebeu mesas, bancos, brinquedos, Academia da Terceira Idade (ATI), bicicletário e lixeiras. Os tradicionais atos cívicos e apresentações artísticas ganharam um palco em deck de madeira plástica e arquibancada. O paisagismo foi estruturado para realçar as cores verde e amarela, com grama e ipês.

Segundo a secretária municipal de Desenvolvimento Urbano, Mariana Affonço, além da funcionalidade, todas essas revitalizações têm como destaque a preocupação com a acessibilidade. “Partimos da premissa de que os espaços públicos devem ser plurais e inclusivos, com estruturas capazes de garantir a participação das pessoas em condições de igualdade. Por isso, investimos em rampas, piso podotátil, toténs de sinalização em braille, bebedouro e mobiliários adaptados, brinquedos para pessoas com deficiência, entre outros”, exemplificou.

“O objetivo da Administração Municipal é requalificar e transformar as estruturas preexistentes, como as praças, lembrando que o mais importante de um espaço público é a maneira como as pessoas podem utilizá-lo, que deve ser diversificado e em favor do bem-estar e da coletividade, potencializando o sentimento de pertencimento à cidade e o cuidado com o que é de todos os cianortenses”, afirma o prefeito, Marco Franzato.


Imagens